Chapada das Perdizes

Chapada das Perdizes: Saindo do centro de Minduri na estrada para Carrancas, após 1 km do centro, entre à direita e pegue a estrada para a Chapada das Perdizes. Após cerca de 4 km à esquerda, está a entrada para o Pesqueiro do Afonso. Seguindo pela direita mais 1 km, você estará próximo ao morro da TV. Pela esquerda está o acesso para as cachoeiras da Prata e do René. À direita descendo você chegará ao Recanto do Vornei, com cachoeiras, piscinas naturais, e muito mais. Antes da entrada do Recanto do Vornei, à esquerda você seguirá em direção à Chapada das Perdizes, passando antes pela Fazenda Cachoeira, que tem dezenas de cachoeiras inexploradas. Daí até o topo da Chapada são cerca de 4 km. No alto você terá uma visão de 360° da mais bela paisagem mineira: são morros, serras, formações rochosas de milhões de anos, água pura das nascentes, com a flora e fauna preservadas. É um passeio que ficará para sempre na memória daqueles que tiverem o privilégio de visitar a Chapada das Perdizes.

Até o alto da Chapada são cerca de 10 km de estrada de terra que é mantida em bom estado de conservação.

Não deixe nada além de pegadas.
Não leve nada além de recordações.
Não tire nada além de fotografias.
Mate apenas o seu tempo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMO CHEGAR! Estamos esperando por você!”

Saindo de Belo Horizonte:
* Pela BR 040, siga para São João Del Rey. Após São João siga para Lavras e após 16 km entre a esquerda para Caxambu. Daí são mais 89 km até Minduri.

Saindo do Rio de Janeiro:
* Pela BR 116, Via Dutra, siga para São Paulo e após a entrada para Itatiaia siga pela indicação Sul de Minas, circuito das águas. Vá em direção a Caxambu e lá pegue a indicação Juiz de Fora. Após 15 km entre à esquerda na direção de Cruzília. Daí são mais 40 Km até Minduri.
* Outra opção é pela BR 040 para Juiz de Fora, lá pegue a BR 267 na direção de Caxambu, e no trevo para Arantina, entre à direita. Daí são mais 70 km até Minduri.

Saindo de São Paulo:
* Pela BR 116, Via Dutra, siga até Cachoeira Paulista. Suba para o circuito das águas, na direção de Caxambu e lá pegue a indicação para Juiz de Fora. Após 15 km, entre à esquerda na direção de Cruzília. Daí são mais 40 km até Minduri.

* Outra opção é pela BR 381, Fernão Dias, siga no sentido Belo Horizonte até o trevo de Campanha. Daí siga até Caxambu e lá pegue a indicação para Juiz de Fora. Após 15 km, entre à esquerda na direção de Cruzília. Daí são mais 40 km até Minduri.

 

 

 

Um pouco de nossa história

Minduri começou a se espalhar aos pés da Serra da Mantiqueira, quando foi planejada para servir à estrada de ferro. E assim foi crescendo mineiramente por entre os vales e encostas.

Quietinha ficou longe da modernidade por muitos anos.

Em Minduri persistem resquícios do antigo, do velho; daquilo que era do tempo de nossas avós… Casas antigas, vistosas, importantes…. Na rua central. Velhos costumes… superstições… saci, mula-sem-cabeça…. A Matriz, imponente, altiva…

E o tempo foi passando: “levou os velhos preconceitos de cor, de classe e de família…”.

Em nossa cidade tudo é belo: a serra, os vales, as matas, as cachoeiras, as nascentes, os riachos, as noites frias e nevoentas de julho, o pôr do sol e o nascer da lua.

Em todo lugar e circunstância sempre haverá a fala mansa, a cerveja gelada, a falsa intimidade mineira e a cana caiana (branquinha, sol, aguardente, engasga gato, marvada, abrideira, água-benta, moça-branca, meu consolo).

Descrever os encantos de nossa terra; Portal do Ecoturismo, é impossível, melhor conhecê-la.

Fonte: Centro Cultural Minduri